Fechamento de varandas e alteração de fachada: o que é preciso saber

Fechamento de varandas e alteração de fachada o que seu condomínio precisa saber

Cada condomínio define suas regras e nem todos os moradores ficam satisfeitos. As insatisfações dos proprietários não se restringem apenas em concordar com os horários de abertura e fechamento da academia ou do horário em que as churrasqueiras ou salão de festas podem ser ou não usados. Elas também são comuns para quando a regulamentação esbarra nos projetos dos apartamentos.

 

Ao receberem as chaves do imóvel, alguns condôminos ficam ansiosos para começarem a reforma do apartamento e acabam infringindo algumas regulamentações. As restrições podem ser as mais variadas, como mudança da cor das portas de cada unidade, das paredes das varandas ou a instalação de cortina de vidro.

 

O que os proprietários precisam saber sobre fechamento de varandas?

 

É importante deixar o condômino por dentro das regras que regem os projetos de sacadas. Tenha sempre em mãos o padrão aprovado pelo condomínio para o fechamento de varandas. Isto é, a cor e o tipo de vidro a ser colocado, quantas folhas de vidro devem ser colocadas e, se possível, indique sempre o mesmo fornecedor para garantir que o padrão seja seguido.

 

Não se esqueça de orientar os proprietários também em relação ao mobiliário permitido na varanda. Caso já tenha envidraçado o espaço, ele deixa de ser área comum, mas quem ainda não o fez, precisa ser orientado se o prédio permite a colocação de varal de chão, plantas e outros adornos na sacada.

CTA para síndicos - varanda, sacada, envidraçamento de varanda, envidraçamento de sacadas

Solicitar Orçamento Solicitar Orçamento