Laminado x temperado: escolha a cortina de vidro ideal para seu condomínio

Laminado x temperado como escolher o tipo ideal para as cortinas de vidro do seu condomínio

Você sabe o que as empresas estão te oferecendo na hora de envidraçar as sacadas do seu condomínio? Como a lista de fornecedores é realmente extensa, todo cuidado é pouco na hora de repassar as indicações aos condôminos. Ao decidir quais especificações o envidraçamento de varanda deve seguir, não se pode esquecer de optar pelo tipo de vidro que garanta mais segurança e comodidade ao consumidor.

 

Abaixo, as diferenças entre cada um deles e escolha sua cortina de vidro com mais segurança:

 

Vidro laminado

O laminado é formado por dois vidros comuns, colados por uma película, este modelo é ideal quando fixado nos quatro cantos, como no caso de um parabrisas de carro. Caso o vidro quebre, ele fica pendurado por essa película e deve ser trocado imediatamente.

 

O laminado pode parecer a opção mais assertiva, mas não é tão segura. Se o que te chamou a atenção foi justamente o fato de ele não se estilhaçar ao quebrar, a película de sustentação pode não aguentar e romper, deixando cair a placa de vidro.

 

No caso de sacadas envidraçadas, ao se despegar, a placa de vidro pode acertar quem estiver embaixo e causar um grave acidente. Além disso, o material é bem menos resistente a ações do tempo, como fortes ventos, e não proporciona redução acústica tão eficaz.

 

Vidro temperado

O vidro temperado pode ser até 20 vezes mais resistente que o laminado, dependendo do tipo de tratamento que ele recebe ao ser produzido. Por conta disso, ele é o mais indicado também para ser usado em vitrines, box para banheiros, divisórias, portas, fachadas e áreas sem caxilho.

 

O risco de causar acidentes graves é menor, porque quando quebrado fragmenta-se em pequenos pedaços. A capacidade de isolamento acústico é maior: possibilita a redução de até 30 decibéis. Se aplicada uma película especial, absorve até 99% dos raios ultravioletas que entram pela varanda.

 

Vidro temperado-laminado

Este modelo consiste em duas ou mais lâminas de vidro temperado unidas e entrepostas por uma película PVB (Polivinil Butiral) ou EVA. Como sofre um tratamento térmico específico, é mais caro que os dois modelos anteriores, o que inviabiliza sua utilização em envidraçamento de varandas.

 

No entanto, por outro lado, tem maior resistência contra riscos, choques mecânicos e térmicos e flexão, além de ser mais eficiente como isolante térmico e acústico. Atualmente, nenhuma empresa do segmento utiliza esse vidro.

 

Avalie qual o melhor tipo de vidro para envidraçar as varandas do seu condomínio. Aproveite para tirar suas dúvidas com o fornecedor e apresente todos os prós e contras para os condôminos.

CTA para síndicos - varanda, sacada, envidraçamento de varanda, envidraçamento de sacadas

Solicitar Orçamento Solicitar Orçamento